Informativo
Informativo do Colégio de Amorim
Pesquisa

Olimpíadas da Criatividade
Por Administrador (Professor), em 2015/01/20319 leram | 0 comentários | 89 gostam
Ser "future problem solver"! Este é o lema das Olimpíadas da Criatividade, um projeto internacional que se encontra conectado com a competição de Resolução Criativa de Problemas “Future Problem Solving Program International” e a nível nacional é tutelado pela Torrence Center.
Pelo segundo ano consecutivo, o Colégio de Amorim encontra-se envolvido nesta iniciativa, que pretende promover o desenvolvimento de competências de pensamento criativo, crítico e analítico, criando um espaço de partilha e motivação, numa filosofia de salutar competição. Implicitamente encontra-se, ainda o desenvolvimento de outras competências, nomeadamente, o trabalho em equipa, a gestão dos conhecimentos adquiridos, a clareza e rigor da comunicação e a responsabilidade cívica.
A metodologia desenvolvida pelas Olimpíadas da Criatividade apela, através das atividades propostas, à resolução criativa de problemas com uma prospetiva futura. A palavra “problema” deve ser encarada como um desafio e, os alunos, após analisarem uma situação, devem mostrar que são capazes de identificar exatamente qual o problema, propor soluções, criar critérios de decisão e elaborar um plano de ação que traduza como resolveriam a situação. As Olimpíadas de CriAtividade, tal como o nome indica, são um concurso e este encontra-se organizado em quatro fases distintas: a 1.ª Fase diz respeito a Treino; a Meia-final; a Final Nacional; e a Final Internacional. Para cada uma destas fases, este programa está organizado em três modalidades distintas, Assuntos Globais, Cenários Futuristas e Comunidade e desenvolve-se em fases distintas, sendo que para cada fase é estabelecido um tema. Os temas anuais são selecionados e votados, por todos os participantes a nível mundial. Anualmente abrangem sempre três áreas de saber: Social/Politico; Ciência/Tecnologia; Negócio/Economia. As temáticas adotadas para o corrente ano letivo são Impacto das redes sociais, Alimentos processados, Aumento do Potencial Humano e Espaço.
No Colégio de Amorim, este projeto está a ser desenvolvido com cinco alunos do 5.º e dez alunos do 6.º ano. Tal como os atletas olímpicos de sucesso, para ser cada vez mais Criativo, é preciso treinar semanalmente, por isso, sob a orientação de duas Mentores (docentes da instituição), os alunos reúnem-se no Clube CriAtivo para, em grupo, desenvolverem as suas competências, treinarem a fluência e a originalidade de ideias, identificarem problemas / desafios e encontrarem as respetivas soluções.
Os alunos da Modalidade de Cenários Futuristas já participaram na primeira fase de qualificação, designada de Meia-Final. Até ao dia 15 de janeiro, procederam à criação de um Livreto Criativo, no qual tiveram de analisar uma das temáticas adotadas para este ano, à sua escolha, identificar possíveis problemas / desafios, selecionar um único problema e encontrar possíveis soluções. Posteriormente, escreveram um texto criativo, com uma perspetiva futurista, onde, através de personagens e de enredos, abordaram o problema / desafio encontrado e a forma como o mesmo poderia ser solucionado. Aguardamos, ansiosamente, pelos resultados!
Relativamente aos alunos da Modalidade de Assuntos Globais, participarão na Meia-Final no próximo dia 27 de fevereiro. Nesta fase, receberão uma história-problema subordinada à temática Alimentos Processados e terão de desenvolver as competências de pensamento crítico e criativo e trabalhar em equipa.
Os alunos têm-se mostrado muito empenhados e motivados com esta dinâmica de aprendizagem, porque, para além de adquirirem todas as competências referidas anteriormente, aprendem algo muito importante para a sua vida como cidadãos, que é o saber ouvir e respeitar a criatividade dos outros. E é precisamente neste último aspeto que as Olimpíadas da Criatividade atingem o seu pleno: conseguir que os alunos adquiram estes saberes e os apliquem nos vários contextos da sua vida. CriAtividade em Ação!

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário